Clínica Aille | acne, dermato, dra alessandra
166
portfolio_page-template-default,single,single-portfolio_page,postid-166,do-etfw,ajax_fade,page_not_loaded,,footer_responsive_adv,qode-theme-ver-10.1.2,wpb-js-composer js-comp-ver-5.1,vc_responsive
 

About This Project

Acne: da adolescência à idade adulta

A acne é uma doença inflamatória da glândula produtora do óleo da pele ( glândula sebácea) e em geral tem início com a ebulição dos hormônios sexuais na puberdade.

Bastante frequente entre os adolescentes e também na mulher adulta, a acne deve ser reconhecida e tratada prontamente aos seus primeiros sinais pois pode deixar sequelas físicas e emocionais.

 

O aspecto inestético da acne intimida o paciente, prejudica a auto-estima, as relações sociais e de trabalho. E ainda, o processo inflamatório por ela gerado, pode destruir o colágeno levando a formação de cicatrizes permanentes. Por isso, o conselho é não adiar o tratamento, o quanto antes o iniciarmos, tanto mais evitaremos as cicatrizes e os prejuízos emocionais e suas consequências.

 

A primeira fase de acne, decorrente da incapacidade de drenagem da secreção oleosa aumentada através dos poros, é caracterizada clinicamente pelos cravos ( cômedos). Nesta fase, limpeza de pele, peelings superficiais e remédios tópicos são indicados.

Se não tratados, os cômedos podem evoluir para a acne grau II, quando aparecem as espinhas vermelhas com ou sem pus. Agentes antibióticos, laser anti-inflamatório e muita disciplina no cuidado diário da pele são necessários para o controle dessa fase. A acne pode, no entanto, piorar e evoluir para a formação de cistos e nódulos que requerem extremo cuidado do dermatologista pela intensidade da inflamação e risco de sequela. Uma medicação muito conhecida e eficaz que requer correta indicação e manejo, a isotretinoína ( Roacutan ®), pode ser necessária nessa fase. Este remédio surgiu na década de 80 mas permanece sendo o “gold standard” no tratamento da acne grave.

 

Para a correção das cicatrizes, atualmente, utilizamos os lasers fracionados ( CO2 ou Erbium) com grande eficácia, os preenchimentos com ácido hialurônico, técnicas de subcision para quebra das traves de fibrose e quando necessário, enxerto de gordura do próprio paciente. Não raro, associamos várias dessas técnicas para otimização do resultado.

 

Portanto, apesar de comum, a acne não é uma fase natural da vida da pele pela qual temos que passar de modo expectante, ela é sim uma doença da pele que deve ser tratada imediata e eficazmente.

Date
Category
Dra. Alessandra